Responsabilidadecivil Photos on Instagram

See related and similar tags

Report inappropriate content

@adv_victoriamolto

0
@adv_victoriamolto

0
@armandosdesouza

at Rio de Janeiro

0
@primesintercorretoradeseguros

O vaso caiu e atingiu um vizinho? As crianças quebraram a janela da casa ao lado? O cachorro mordeu o carteiro? Para situações onde existe algum dano a terceiros, a cobertura de Responsabilidade Civil Familiar é uma boa opção. Entre em contato com a gente e saiba mais. Primes Corretora de Seguros ☎(17)3364-6481 ☎(17)98819-6677 whats app . . . #responsabilidadecivil #protecaoresidencial #seguro #seguroresidencial #residencia #casa #apartamento

0
@romanocorseguros

O seguro de vida é um uma garantia de que na sua ausência, você e sua família estarão protegidos. Existem diversos planos e coberturas para assegurar que, no caso da sua falta, seus familiares não fiquem desamparados financeiramente. #seguroautomovel #seguroveiculo #equipamentos #assistenciaodontologica #apoiofamiliar #segurofianca #fiancalocaticia #responsabilidadecivil #segurodecelular #segurodenotebook #segurotablet #engenhariaderisco #seguronautico #segurocondominio #segurotransporte #seguroresidencia #previdenciaprivada #segurodevida #planodesaude #seguroviagem #seguroobrasdearte #seguroempresarial #seguroprevidencia # at São Paulo, Brazil

0
@nossoportocorretora

0
@oliveiramesquita.adv

A 2ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo condenou hospital, operadora de planos de saúde e uma médica por má prestação de serviços médico-hospitalares. Eles terão que pagar à mãe de uma criança, que sofreu lesão neurológica irreversível por falha no atendimento logo após seu nascimento, R$ 281,1 mil a título de danos morais, além de pensão alimentícia vitalícia no valor equivalente a dois salários mínimos.  De acordo com os autos, a equipe de enfermagem, ao realizar atendimento de rotina após o parto, notou que a menina apresentava quadro de icterícia e, por esse motivo, avisou a médica pediatra, que prestou atendimento somente quatro horas depois. A demora resultou no agravamento do estado de saúde, que evoluiu para quadro conhecido por “Doença de Kernicterus”, que provoca lesão neurológica permanente.  Ao julgar o recurso, a desembargadora Marcia Regina Dalla Déa Barone afirmou que os fatos proporcionaram à mãe danos capazes de causar intenso sofrimento, o que impõe o dever de indenizar. “Com efeito, o quadro clínico para o qual a autora evoluiu, consistente em lesão neurológica de caráter irreversível, o que ocasionou atraso no desenvolvimento psicomotor, ausência de fala, dependência de terceiros para atos da vida cotidiana e ausência de autonomia para a prática de atos triviais, causada por erro médico o qual poderia ter sido evitado, à evidência causou danos psicológicos na autora, que devem ser indenizados e dispensam comprovação, cuidando-se de hipótese em que configurados os danos morais in re ipsa.” O julgamento, unânime, teve a participação dos desembargadores Rosangela Maria Telles e José Carlos Ferreira Alves. Apelação nº 0009011-92.2011.8.26.0220 Créditos de texto e imagem comunicação Social TJ/SP. Imagem editada por @oliveiramesquita.adv #vida #direitomedico #relacaodeconsumo #advogados #responsabilidadecivil #direitoejustica

0
@tuliorosaadvocacia

A responsabilidade civil do cirurgião-dentista, em regra, é de resultado, visto que os objetivos relativos aos tratamentos, de cunho estético e funcional, podem ser atingidos com previsibilidade, conforme se verifica através de determinadas especialidades tais como a restauração de dentes, a odontologia preventiva, a prótese dental e a radiologia. Nesses casos, quando o resultado não for alcançado, haverá a culpa presumida do profissional. Isso importa dizer que se inverte o ônus da prova, ou seja, é o dentista que passa a ter o dever de provar em Juízo que não agiu com negligência, imprudência ou imperícia ou que o insucesso do procedimento odontológico se deu única e exclusivamente por culpa do paciente. Por outro lado, há situações que, a exemplo da atividade médica, não se admitem que assegure um resultado, constituindo-se geralmente obrigação de meio, como a traumatologia bucomaxilofacial, a endodontia, a periodontia, a odontopediatria, a ortodontia, entre outras. Nessas modalidades, exige-se que o profissional efetue o procedimento empregando todo seu conhecimento e a técnica mais adequada ao caso, e que exerça sua atividade com observância do Código de Ética Odontológica. #direitomedico #direitoodontologico #codigodeetica #odonto #responsabilidade #demeio #deresultado #responsabilidadecivil #culpapresumida #prevencao

0
@duos_sb

at São Paulo, Brazil

1
@cajesp

Fake news. Não seja você um propagador. #direito #advogados #fake #fakenews #responsabilidadecivil #cajesp

0
@imobiliaria.dolar

1
@adv.al.marcelofernandes

1
@adv.al.marcelofernandes

0
@adv.al.marcelofernandes

0
@genesis.consultoria

1
@grupolordelo

Para que as mudanças na gestão das edificações sejam percebidas, faz-se necessário “Mobilizar para Mudar; dessa forma o Síndico ou o Líder em condomínios deve possuir características do Smart Power: poder inteligente (J.Nye); não lhe cabe ser o Síndico “que agrada a todos” ou o Síndico “durão”. Nessa Palestra, Dra. Michele Lordêlo demonstra por que: *️⃣modificar comportamentos é mais difícil que ensinar conhecimentos; *️⃣ao compreender as necessidades da edificação e dos que vivem nela, a gestão é percebida; *️⃣as formas de gestão de condomínios brasileira, difere da norte-americana; *️⃣pilares da gestão sustentável nos Condomínios são fundamentais; *️⃣cabe ao Síndico conhecer ações que geram Redução de Custos e que geram Receitas para os Condomínios *️⃣o uso da Comunicação efetiva e da Tecnologia nos Condomínios é um caminho sem volta. #grupolordelo #auditoriaparacondominios #auditoriacondominial #gestaocondominial #compliance #procedimentosegestao #contabilidade #capacitacao #programacapacitarnapratica #capacitarnapratica #gestorcondominial #administracaocondominio #administracaocondominial #administracaocondominialsalvador #responsabilidadecivil #responsabi #sustentavel #sustentabilidade #gestaocondominial #gestaodecondominio #sindico #sindicomorador #sindico #sindica #auditoriaconsultiva #auditoriaconsultivacondominio #reducaocustos #compliancecondominial #governancacondominial #michelelordelo #queromichelelordelonomeuevento

1
@seguros_saude_prev

2
@genesis.consultoria

1
@mcxbrasilcorretora

RC Profissional. Os profissionais que possuem seus escritórios e desempenham atividades que requerem conhecimento e treinamento específicos podem ter um seguro para amparar possíveis falhas que causem danos a terceiros, sejam estes prejuízos financeiros puros, uma perda material ou um dano corporal. #McxBrasilCorretora #MCXResolve #seguralta50anos #responsabilidadecivil #dentista #rcdentista #rccontador #contador #rcmedicos #medicos #cabeleleiros #rccabeleleiro #rcprofissional 📱011 9 5356 0135 ☎ 011 4962 7598 📧 [email protected] at São Paulo, Brazil

1
@valoren_avaliacoes_pericias

at Macae

9
@maiermoraes.advogadas

De acordo com a ABNT NBR 13752, vícios construtivos são "anomalias que afetam o desempenho de produtos ou serviços, ou os tornam inadequados aos fins a que se destinam, causando transtornos ou prejuízos materiais ao consumidor. Podem decorrer de falha de projeto, ou da execução, ou ainda da informação defeituosa sobre sua utilização ou manutenção". Isto é, todas as falhas construtivas que causam prejuízo material ao consumidor e que implicam em gastos financeiros para repará-las são consideradas vícios patológicos da construção. Tais vícios podem ser classificados como aparentes ou ocultos, mas a explicação sobre a diferença entre eles deixamos para um próximo post. Bom final de semana! at Maier & Moraes Sociedade de Advogadas

2
@direitocivilcontemporaneo

O Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal publicou um volume específico de suas edições dedicado à análise doutrinária da Lei n. 12.846/13. Na referida publicação, Otavio Luiz Rodrigues Junior e Bruno de Ávila Borgarelli, da Rede de Direito Civil Contemporâneo, demonstram que os aspectos punitivos adotados pelo legislador devem ser objeto de tratamento tipológico autônomo, especificamente quanto à criticável previsão de sanções sem culpabilidade. E comprovam que a responsabilidade civil, tal como prevista na lei, é objetiva, mas seu escopo restringe-se ao de compensar a Administração quanto aos valores indevidamente obtidos com a ocorrência do dano, não apresentando, pois, função sancionatória. Confira em: https://bit.ly/2RKgxYH #CJF #ResponsabilidadeCivil #ResponsabilidadeObjetiva

3
@draflavialobo

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal mandou um pai pagar R$ 50 mil ao filho por “abandono afetivo”. De acordo com a ação, o homem nunca fez questão visitar o rapaz; marcava de encontrá-lo e não aparecia; telefonava bêbado e na companhia de “mulheres estranhas”; transferiu bens para não deixar herança ao garoto; e tratava de forma diferente os dois filhos que teve no atual casamento. A sentença foi mantida após recurso. O filho afirma que, por causa da situação, desenvolveu doença pulmonar de fundo emocional e problemas de comportamento. O pai negou o abandono e disse que sempre esteve presente. Ele também afirmou que as visitas não eram feitas regularmente porque a mãe do menino impunha dificuldades e que a “instabilidade da ex” gerou situações desagradáveis com a atual mulher. Para a juíza que analisou o caso em primeira instância, não há dúvidas de que o pai falhou com o rapaz e que a postura gerou danos. “Ele detalha as muitas vezes que esperou pelo pai e ele não apareceu; a sempre alegada falta de tempo; o fato de o pai achar ruim sua aproximação da família paterna e tantas outras desfeitas, como: nunca ligar no seu aniversário; nunca estarem juntos em datas festivas; nunca ter ido na casa do pai etc.” “Com efeito, independentemente de amar um filho, os pais são obrigados a cuidarem, a dar-lhes o necessário para sua criação e educação, até se tornarem maiores, salvo nos casos de perda do poder familiar. É de se distinguir, portanto, o dever de cuidar do dever de amar. Assim, não é a falta de amor ou a falta de afeto, como dito alhures, que gera o ato ilícito e o dever de indenizar, pois o amor e afeto não são e não podem ser impostos pelo ordenamento jurídico, por serem sentimentos. A conduta que pode ser caracterizada como ilícita e eventualmente ensejar o dever de indenizar é a falta do dever de cuidado, não qualquer um, mas aquele que decorre da legislação civil e que é imposto a todos os pais, como dever inerente ao poder familiar”, diz. Fonte: g1 globo #direitomedico #draflavialoboadvocaciaeassessoria #direitomedico #direitoasaude #direitoesaude #responsabilidadecivil #responsabilidademedica #consentimentomedico at Vila Velha, Brazil

0
@paulotorresconsultor

2
@adv.al.marcelofernandes

1
@paulotorresconsultor

1
@paulotorresconsultor

3
@paulotorresconsultor

4
@paulotorresconsultor

1
@paulotorresconsultor

4
@paulotorresconsultor

2
@paulotorresconsultor

3
@paulotorresconsultor

2
@paulotorresconsultor

2
@imobiliaria.dolar

2
@imobiliaria.dolar

0
@genesis.consultoria

3
@minhotoadvogados

2
@alancarvalho151280

1
@adv.al.marcelofernandes

0
@raphaellacllio

Emoção define! Qd vc recebe a prova do seu texto p/ o 1° livro jurídico q está participando! Venha o #livro em #2019 Teremos muito #trabalho envolvido?! Sim! É tudo ao mesmo tempo? Também! Ser #advogadasempreendedora é isso! #direito #advocacia #advogadas @advogatas #empreendedorismo #bullying #responsabilidadecivil

5
@maiermoraes.advogadas

A Caixa Econômica Federal - CEF foi condenada a reparar os danos materiais decorrentes de incêndio ocorrido em imóvel financiado pelo Fundo Garantidor da Habitação Popular - FGHab, vinculado ao PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA. A decisão é da 6ª turma do TRF da 1ª região. Ao analisar o caso, o relator, juiz Federal convocado Roberto Carlos de Oliveira, destacou que o contrato de financiamento vinculado ao Programa Minha Casa, Minha Vida atribui ao FGHab a responsabilidade pela recuperação dos danos físicos causados ao imóvel, de modo que o fundamento adotado pelo magistrado está em sintonia com o entendimento dominante no STJ acerca da questão. Seguindo o voto do relator, o colegiado condenou a instituição financeira ao pagamento de indenização por danos materiais no valor de R$ 47.864,00. Processo: 0019075-88.2013.4.01.3400 Fonte: @portalmigalhas #AdvogadasEmCanoas at Maier & Moraes Sociedade de Advogadas

1
@affonsolimaadvogados

1
@raphaelferreiralima

0
@imobiliaria.dolar

0
@costamedeirosadvogados

5
@genesis.consultoria

2
@imobiliaria.dolar

0
@tradepinturas

at Trade Pinturas

1
@caviollaseg

Não hesite em nos contatar para tirar dúvidas ou pedir seu orçamento. Estamos preparados para te atender e encontrar o seguro que você precisa! www.caviollaseguros.com.br Precisando de seguro? Fale conosco! Será um prazer atendê-lo: (19) 3212-3068 #caviolla #campinas #caviollaseguros #seguros #corretoradeseguros #seguroempresarial #seguroautomotivo #seguroengenharia #segurotransportes #seguropessoal #segurodecreditointerno #responsabilidadecivil #responsabilidadeadministrativa #segurogarantia #segurodevida #segurosaude #previdenciaprivada #seguroviagem

0
@adv.al.marcelofernandes

4
Next »