santaigrejacatolica on Instagram

Santa Igreja Católica

Seja bem-vindo!!

http://www.lojasantaigreja.com.br/ Similar users

Report inappropriate content

Similar users

@namoro_santo_castidade
Namoro Santo, Castidade
@hugocolodedeus
Hugo Santos
@vocesabia
Você Sabia?
@brumarquezine
Bruna Marquezine ♡

“Se vocês vissem a minha Bíblia, talvez não ficariam de modo algum tocados. Diriam: O que? Esta é a Bíblia do Papa? Um livro assim velho, tão usado?! Poderiam também me presentear com uma nova, quem sabe uma de 1.000 euros: não, não gostaria. Amo minha velha Bíblia, aquela que me acompanhou metade da minha vida. Viu minhas alegrias, foi banhada pelas minhas lágrimas: é meu inestimável tesouro. Vivo dela e por nada no mundo eu faria menos dela. A Bíblia não foi feita para ser colocada em uma prateleira, mas para ser levada nas mãos, para ser lida frequentemente, a cada dia, quer sozinhos, quer acompanhou. Além disso, acompanhados vocês praticam esportes, vão ao shopping; por que não ler juntos, em dois ou três ou em quatro a Bíblia? Quem sabe ao ar livre, mergulhava na natureza, no bosque, na beira do mar, de noite, à luz de velas... vocês fariam uma experiência forte e envolvente. Ou quem sabe vocês têm medo de parecerem ridículos diante dos outros? Leiam com atenção! Não permaneçam na superfície, como se faz com histórias em quadrinhos! A Palavra de Deus não pode ser lida com um passar de olhos! Antes, perguntem-se: “O que este texto diz ao meu coração? Por meio desta palavra, Deus está me falando?” Talvez esteja Deus suscitando anseios, a minha sede profunda. Somente assim, a Palavra de Deus poderá mostrar toda a sua força, somente assim a nossa vida poderá transformar-se, tornando-se bela e plena. Quero confidenciar a vocês como leio a minha velha Bíblia. Frequentemente a pego, a leio um pouco, depois a deixo de lado e me deixo olhar pelo Senhor. Não sou eu que olho para Ele, mas Ele que olha para mim: Deus está realmente ali, presente. Vocês querem me fazer feliz? Leiam a Bíblia! Seu Papa Francisco (Introdução Bíblia Jovem | @lojasantaigreja) #Biblia #SagradaEscritura

151

Todas as “Nossas Senhoras” são apenas Uma: a Virgem Maria, Mãe de Deus e nossa, mas o povo carinhosamente a chama por um nome, como se fosse um ‘apelido’ que lhe damos de acordo com a história de um povo, uma região, uma imagem ou alguma manifestação especial. Nossa Senhora Desatadora dos Nós é uma devoção que surgiu em 1700, na cidade de Ausburgo, na Alemanha. Um pintor desconhecido pintou a Virgem Maria inspirado na meditação feita por São Irineu, bispo de Lyon e mártir no ano 202, que, à luz do paralelismo escrito por São Paulo sobre Adão-Cristo, criou o de Eva-Maria, dizendo: “Eva, por sua desobediência, atou o nó da desgraça para o gênero humano; ao contrário, Maria, por sua obediência, o desatou!” Este quadro foi então colocado na pequena igreja de São Peter am Perlack em Ausburgo e ali está até hoje nesta igreja que é cuidada pelos jesuítas locais. Por isso, Aquela que Desata os Nós, escolhida por Deus para esmagar com seus pés este mal, vem se manifestar como nunca hoje, não só para nos dar emprego, saúde, reconciliação na família e outras coisas, mas, principalmente porque quer desatar os nós dos pecados que dominam nossas vidas, para que, livres deles, como filhos de Rei, possamos receber as promessas que nos estão reservadas desde a eternidade. Promessas de vitória, de paz, de bênçãos, de reconciliação. Agora contemple as Mãos de Nossa Senhora Desatadora dos Nós! O que estarão elas querendo dizer a você? Imagine-se, neste momento, chegando de repente e encontrando sua Mãe assim. Não há dúvida de que ela está trabalhando… E põe nisso toda a sua atenção. Mais que sua atenção Ela põe seu coração. Com os olhos voltados para ação de suas Mãos, esboçando um leve sorriso, ela parece lhe dizer: “Deixe-me desatar o seu nó, Eu sei como fazê-lo. Confia em Mim, meu filho!” E suas Mãos não param porque se poder intercessor por você também não para, pelo contrario, se agiganta cada vez que você se aproxima ainda mais dela. Por esta razão, enxugue as suas lágrimas. É tempo de Esperança! Corra até Ela!

170

Como São Miguel tornou-se Chefe da Milícia Celeste? (PARTE 3) 8️⃣ Houve no Céu uma grande batalha” (Ap 12, 7). Luta entre anjos e demônios, luta da luz contra as trevas, da fidelidade contra a soberba, da humildade e da ordem contra o orgulho e a desordem. “Miguel e os seus anjos pelejavam contra o dragão, e o dragão com os seus anjos pelejavam contra ele” (Ap 12, 7). Lúcifer tornou-se o adversário (“Satanás”, em hebraico), desvairado de orgulho e “obstinado em seu pecado”, “arrastou a terça parte” (Ap 12, 4) dos espíritos angélicos, submergindo-os consigo nas trevas eternas da revolta. Porém, estes não prevaleceram, nem o seu lugar se encontrou mais no Céu. Foi precipitado aquele grande dragão, que se chama demônio e Satanás, e foram junto com ele os seus anjos (Ap 12, 8-9) nos abismos tenebrosos do inferno (2Pd 2, 4). Um imenso clamor encheu o universo: Como caíste do céu, ó astro resplandecente, que no nascer do dia brilhavas? (Is 14, 12). A tua soberba foi abatida até os infernos! (Is 14, 11). E enquanto o serafim revoltado era visto “cair do céu como um relâmpago” (Lc 10, 18) e ser condenado ao fogo inextinguível, “preparado para ele e os seu anjos” (Mt 25, 41), São Miguel era elevado pelo Rei eterno ao píncaro da hierarquia dos anjos fiéis e se tornava o “gloriosíssimo príncipe da milícia celeste”, como é designado pela liturgia da Santa Igreja Católica. 9️⃣ Restabelecida a ordem nos céus angélicos, o campo de batalha onde prosseguiu a luta entre a luz e as trevas passou a ser a terra dos homens. O anjo destronado conseguiu seduzir nossos primeiros pais a pecarem, como ele, contra o Altíssimo, querendo ser como deuses (Gn 3,5), e o Senhor Deus declarou guerra ao tentador: “Porei inimizades entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela” (Gn 3,15). A partir deste momento uma luta árdua contra o poder das trevas perpassa a história da humanidade. Iniciada na origem do mundo, vai durar até o último dia, segundo as palavras do Senhor. Inserido nesta batalha, o homem deve lutar sempre para aderir ao bem e pelo poder de Deus, dos Sacramentos, penitência e obediência, permanecer fiel ao Eterno Deus. • (Suma Teológica | e escritos de São Bernardo)

69

Como São Miguel tornou-se Chefe da Milícia Celeste? (PARTE 2) 5️⃣ Lúcifer, porém, duvidou diante de um mistério que ultrapassava seu angélico entendimento. Será que Deus ignorava a natureza perfeitíssima dos anjos e preferia unir-Se a um ser humano, tão inferior a eles na ordem das criaturas? Ele, o mais alto dos serafins, seria compelido a adorar um Deus feito homem? Pareceu-lhe intolerável e desejou que fosse realizada com ele”. Sim, pensou, Lúcifer, “o perfeito desde o dia da criação” (Ez 28, 15), deveria Deus unir-Se e deste modo constituí-lo como o mediador único e necessário entre o Criador e as criaturas. Assim, “aquele que do nada havia sido feito anjo, comparando-se, cheio de soberba, com o seu Criador, pretendeu roubar o que era próprio do Filho de Deus”, conclui São Bernardo. “O anjo pecou querendo ser como Deus” e o príncipe da luz tornou- se trevas. 6️⃣ Fez-se ouvir o primeiro grito de revolta da história da criação: “Não servirei! Subirei até o Céu, estabelecerei o meu trono acima dos astros de Deus, sentar-me-ei sobre o monte da aliança! Serei semelhante ao Altíssimo!” (Is 14,13-14). • 7️⃣ Ecoou, então, um brado no Céu: “Quem como Deus?” Entre o anjo revoltado e o trono do Todo-Poderoso erguia-se “um dos primeiros príncipes” (Dn 10, 3), um serafim incomparavelmente mais esplendoroso e forte do que havia sido “o que levava a luz”. Quem era este que ousava desafiar o mais alto dos anjos e agora refulgia invencível, revestido do “poder da justiça divina, mais forte que toda a força natural dos anjos”? Quem era este? Chama viva de amor, labareda de zelo e humildade, executor da divina justiça. “Quem como Deus?” – Milhões de milhões dos espíritos celestes repetiram o mesmo brado de fidelidade. “Quem como Deus?” – Este sinal de fidelidade, que em hebraico se diz Mi-ka-el, passou a ser o nome daquele serafim que por sua caridade ímpar foi o primeiro a levantar-se em defesa da Majestade ofendida. Miguel: nome que exprime, em sua sonora brevidade, o louvor mais completo, a adoração mais perfeita, o reconhecimento mais cheio de amor da transcendência divina e a confissão mais humilde da contingência da criatura. (Continua na PARTE 3...)

53

Como São Miguel tornou-se Chefe da Milícia Celeste? (PARTE 1) 1️⃣ Deus, Ser absoluto e eterno, não precisava de nenhuma criatura que Lhe rendesse homenagens e reconhecesse sua grandeza sem limites. Entretanto, em sua misericórdia, quis criar, uma imensa multidão de criaturas diversas e desiguais – seres visíveis e invisíveis, inteligentes ou desprovidos de razão, dispostos numa maravilhosa hierarquia – constituiu então a Ordem do universo, reflexo da perfeição adorável do Ser infinito. 2️⃣ No alto desta grandiosa hierarquia, “superando em perfeição todas as criaturas visíveis” colocou Deus a natureza angélica: espíritos puros, inteligentes e capazes de amar, cheios da graça divina desde o início de sua existência, na aurora da primeira manhã da criação. Distribuídos e ordenados por Deus em nove coros, constituem o exército de Deus e receberam a tríplice missão de perpétuos adoradores da Trindade, executores dos divinos desígnios e protetores do gênero humano. Cada um desses espíritos possui uma personalidade própria, inconfundível e específica, não havendo sido criado um igual ao outro. 3️⃣ Quis Deus colocar um ápice, um ponto monárquico, um ser que espelhasse de modo inigualável a luz eterna e inextinguível. Maravilha dentre as maravilhas, obra-prima do mundo angélico, fulgurava no mais alto dos coros e todos extasiavam-se diante dele. Sendo o primeiro dos serafins, iluminava todos os espíritos celestes com os reflexos da divindade que sua inteligência ímpar discernia com o auxílio da graça. Lúcifer era seu nome: o que levava a luz… 4️⃣ Antes de poder contemplar, por toda a eternidade, a essência de Deus, deviam os anjos passar por uma prova. Segundo afirmam São Cipriano, São Basílio, São Bernardo, a prova que decidiu o destino eterno dos espíritos angélicos foi o anúncio da Encarnação de Jesus Cristo, o qual haveria de nascer da Virgem Maria. Podemos imaginar, então, que um frêmito de assombro percorreu as fileiras das milícias celestes ao conhecerem intuitivamente, por uma ação de Deus, o plano da Salvação. Era este o ato que confirmaria os espíritos angélicos na graça divina e os introduziria na visão beatífica para todo o sempre. (Continua PARTE 2...)

69

📖 "Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas." (João 10, 11.14-15) • 🙏 "Senhor, Tu és o bom Pastor. Eu sou a Tua ovelha. Em alguns dias, estou sujo; Em outros, estou doente; Em alguns dias, me escondo; Em outros, me revelo. Sou uma ovelha ora mansa, ora agitada. Sou uma ovelha ora perdida, ora reconhecida. Eu sou Tua ovelha, Senhor. Eu conheço a Tua voz. É que às vezes a surdez toma conta de mim. Eu sou Tua ovelha, Senhor. Não permita que eu me perca, que eu me desvie do Teu rebanho. Mas se eu me perder, eu Te peço, Senhor, Vem me encontrar. Amém. • ➕ Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no principio, agora e sempre. Amém!

244

🙏 "Meu Pai, agora que as vozes silenciaram e os clamores se apagaram, aqui do pé da cama, minha alma se eleva a Ti, para dizer: Creio em Ti, espero em Ti, e amo-Te com todas as minhas forças, glória a Ti, Senhor! Deposito nas Tuas mãos a fadiga e a luta, as alegrias e desencantos deste dia que ficou para trás. Se os nervos me traíram, se os impulsos egoístas me dominaram, se dei lugar ao rancor ou à tristeza, perdão, Senhor! Tem piedade de mim. Se fui infiel, se pronunciei palavras em vão, se me deixei levar pela impaciência, se fui um espinho para alguém, perdão Senhor! Nesta noite não quero entregar-me ao sono sem sentir na minha alma a segurança da tua misericórdia, a Tua doce misericórdia inteiramente gratuita. Senhor! Eu Te agradeço, porque foste a sombra fresca que me cobriu durante todo este dia. Eu Te agradeço porque, invisível, carinhoso e envolvente, cuidaste de mim como uma mãe, em todas essas horas. Senhor! Ao redor de mim tudo já é silêncio e calma. Envia o anjo da paz a esta casa. Relaxa meus nervos, sossega o meu espírito, solta as minhas tensões, inunda meu ser de silêncio e de serenidade. Vela por mim, Jesus amado, enquanto eu me entrego confiante ao sono, como uma criança que dorme feliz em Teus braços. Em teu Nome, Jesus, descansarei tranquilo. Amém!” •➕ Gloria ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém! ➕

401

Começa hoje (15/08) a Quaresma de São Miguel 1️⃣ Miguel” em hebraico Mi-kha-el quer dizer “quem como Deus? Muitos julgam que Miguel, tanto pela dignidade de natureza, como de graça e de glória é absolutamente o primeiro e o Príncipe de todos os anjos. E isso se prova, primeiro, pelo Apocalipse (12, 7), onde se diz que Miguel lutou contra Lúcifer e seus anjos, resistindo à sua soberba, bradou cheio de humildade: “Quem (é) como Deus?” Portanto, assim como Lúcifer é o chefe dos demônios, Miguel o é dos anjos. A Igreja o chama de Príncipe da Milícia Celeste. Ele é o Protetor da Igreja e do Povo de Deus. 2️⃣ Quaresma em honra de São Miguel Arcanjo: A Igreja herdou das Sagradas Escrituras o motivo de fazer 40 dias de penitência e jejum. Em poucas palavras, podemos dizer que o número 40 indica um tempo necessário de preparação da pessoa que se dispõe a jejuar para se preparar para algo novo que vai acontecer. No caso da Quaresma de São Miguel, inicia-se em 15 de agosto e termina em 29 de setembro (festa de São Miguel). • 3️⃣ O que é necessário? Providenciar um altar para São Miguel com uma imagem ou uma estampa. Todos os dias: Acender uma vela benta, Oferecer uma penitência, Fazer o sinal-da-cruz, Rezar a oração inicial e Rezar a Ladainha de São Miguel (não cabe aqui). • 🙏🏼 “São Miguel Arcanjo, defendei-nos no combate, sede nosso refúgio contra a maldade e as ciladas do demônio! Ordene-lhe Deus, instantemente o pedimos; e vós, príncipe da milícia celeste, pela virtude divina, precipitai ao inferno a Satanás e a todos os espíritos malignos, que andam pelo mundo para perder as almas. Amém. Sacratíssimo Coração de Jesus! (três vezes)”

223

“Quando somos atingidos por uma crise e estamos no meio de um deserto, somos tomados pela ansiedade e perguntamos: O que será do meu futuro? Como conseguirei sobreviver quando todos estão fracassados? Como poderei superar o desânimo? O que será da minha família? E se eu perder o emprego? Diante de tantas inquietações, tantas perguntas perturbadoras e tantos exemplos de fracasso à sua volta, somente a voz e as promessas de Deus podem trazer esperança. Deus diz a Isaque: “Permaneça nesta terra e eu estarei com você” (Gn 26,3). Quando a crise bate à porta da nossa vida, a primeira coisa que perdemos é a consciência da presença de Deus. Quando somos encurralados por circunstâncias adversas, tendemos a achar que Ele nos desamparou. Por isso, a primeira palavra de encorajamento que Deus dá a Isaque é a garantia da sua presença com ele. A promessa é sustentada mediante a obediência. Quando nos dispomos a andar segundo a direção de Deus, Ele caminha conosco. Quando Deus está ao nosso lado, somos invencíveis. Quando Deus se agrada de nós, podemos alcançar grandes conquistas. O segredo da vitória na crise é peregrinar na terra em obediência a Deus. Andar sob a direção do céu é caminhar seguro. Estar no centro da vontade de Deus é triunfar nas horas de incertezas. O lugar mais seguro para estar, ainda que em perigo, é no centro da vontade de Deus. O lugar mais seguro fora do centro da vontade de Deus é terreno escorregadio. Quando o Senhor caminha conosco, sempre chegamos ao porto desejado. Quando temos consciência da presença de Deus conosco, passamos pelas águas, pelos rios e até pelo fogo sem nos intimidar. Quando vivemos em obediência, mesmo na fornalha ardente das provações mais amargas, contamos com a presença do Senhor caminhando conosco. Quando achamos que perdemos as pegadas do Senhor na estrada da vida, ele, nesse momento, está nos carregando no colo. Quando temos consciência de que o Senhor está conosco, somos encorajados a plantar no deserto. O deserto é um problema para nós, não para Deus. A crise pode desestabilizar os governos da Terra, mas não o trono do Senhor. O deserto pode ser o palco da prosperidade porque Deus transforma desertos em pomares.”

551

131

"Maria: a Arca da Nova Aliança" Para o povo de Israel, a Arca de Aliança era onde se conservava o que possuía de mais sagrado: as tábuas da lei, com a Palavra de Deus dirigida a Moisés (Ex 25, 10-22). Onde a Arca entrava, o povo vencia as batalhas. Inclusive as águas do Jordão baixaram para o povo de Israel passar com a Arca (Js 3, 7-17). Em certo momento, porém, a Arca da Aliança foi escondida e nunca mais foi encontrada (2 Cr 35, 3). Porém, um mistério vai sendo revelado: 1️⃣ No Antigo Testamento, a Arca da Aliança permanece três meses na casa de um homem chamado Obed-Edon (2 Sm 6, 11); no Novo Testamento, a Virgem Maria permanece três meses na casa de Santa Isabel (Lc 1, 56). • 2️⃣ No Antigo Testamento, a Arca da Aliança porta no seu interior a Palavra de Deus escrita nas tábuas; no Novo Testamento, a Virgem Maria porta no seu Ventre a Palavra de Deus que se fez Carne (Jo 1, 14). • 3️⃣ O livro do Apocalipse diz que o céu se abriu e apareceu a Arca da Aliança (Ap 11, 19). A Arca da Nova Aliança aparece no céu (Ap 11, 19), e é uma Mulher Vestida de Sol, com a lua debaixo dos seus pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas, gerando no seu Ventre o Rei que regerá as nações (Ap 12, 1-5). Batalhava contra o dragão, a antiga serpente que teria a sua cabeça esmagada pela descendência da Mulher (Ap 12, 3.9; Gn 3, 15). • Assunta ao Céu em Corpo e Alma, a Arca da Nova Aliança é coroada não pelos homens, mas pelo próprio Deus, como Rainha do céu e da terra.

79

“Maria: A nova Eva” Esta gravura maravilhosa foi feita por uma Irmã Norte Americana e se chama “Virgin Mary Consoles Eve”. Se por uma mulher(Eva) veio o pecado ao Mundo, por outra (Maria) veio a Salvação. As duas mulheres concebidas sem o pecado original estão numa cena bem feminina: a mãe da humanidade segundo a ordem natural e a mãe da humanidade redimida segundo a Graça. Deus disse a Satanás, quando prometeu trazer a salvação ao mundo para derrotar o diabo por meio de uma mulher que nasceria: "Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar” (Gênesis 3, 15). É importante olharmos os detalhes que fazem desta obra tão rica de detalhes e lindíssima. Por isso queremos compartilhar 5 observações que nos farão compreender melhor esse mistério. 1️⃣ A Virgem Maria toca levemente o rosto de Eva entristecida, a consolando. 2️⃣ Eva entristecida, segura em uma das mãos a maçã (símbolo medieval do fruto da árvore proibida), e em outra, A Virgem Maria leva-a a tocar o fruto do seu Ventre. Por um veio a condenação, pelo outro a Salvação. 3️⃣ Maria sorridente, longe de demonstrar soberba mostra misericórdia por Eva e com olhar de mãe mostra que aquele erro passado ficou para trás graças ao seu Filho. 4️⃣ A serpente enrolada aos pés de Eva é pisada por outro lado pela Virgem Maria. A mesma que enganou Eva no Paraíso, é derrotada por Maria. 5️⃣ Nos calcanhares de Eva enrolada a serpente que levou toda a geração humana o pecado, no ventre da Virgem Maria o filho que redime todo o ser humano. A promessa (Gn3,16), é cumprida. Maria é a mulher que pisa na cabeça da serpente após a queda de Eva. Que pela intercessão de Virgem Maria possamos ser introduzidos no mistério da redenção misericordiosa de Deus.

323
Next »